Bolsonaro sugere que senadores da base não tentem mudar decisão da Câmara sobre o Coaf

24/05/2019

 

No meu entender, deve aprovar o que foi votado na Câmara e vamos seguir em pautas mais importantes. A minha bancada, a do PSL, é uma bancada de parlamentares bastante novos. Alguns ainda acham que tem de ganhar todas. Não dá. A gente vai perder alguma votação. Sem problema algum”.

Essas são palavras do presidente Jair Bolsonaro (PSL), ditas durante a sua Live semanal, transmitida em redes sociais nesta quinta-feira (23).

 

Bolsonaro se referia à derrota que sofrera no dia anterior, quando a Câmara Federal confirmou por 228 a 210 votos a mudança na MP 870, estabelecendo que o controle do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) volte para o Ministério da Economia, retirando-o do Ministério da Justiça e Segurança Pública, como pretendia o executivo.

 

As lideranças da base, Major Olímpio pelo PSL e Fernando Bezerra (MDB) pelo próprio governo, entendem que os senadores devem reverter o resultado da Câmara, já o presidente da casa, senador Davi Alcolumbre (DEM), assim como o presidente Bolsonaro, acha que essa estratégia pode inviabilizar a MP por completo.

 

 

Marcada para ser votada definitivamente no próximo dia 28, a Reforma Administrativa vence em 03 de junho.e se for alterada no Senado vai precisar ser votada novamente na Câmara.

 

O risco é que, caso a proposta caduque, o governo tenha que editar uma nova Medida Provisória para dar andamento nas ações começando do zero, podendo até ter que recriar Ministérios extintos.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Após Voto de Toffoli para restringir repasse de informações...

21/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno