Hamilton aguenta pressão de Verstappen e vence GP de Mônaco em dia de homenagens à Lauda

26/05/2019

 

Ao receber a bandeira quadriculada em 1º lugar, Hamilton dedicou sua vitória ao tricampeão morto essa semana aos 70 anos:

 

Essa é para você, Niki Lauda”, disse o piloto britânico demonstrando emoção pelo rádio.

 

Lewis Hamilton conseguiu sua 77ª vitória na Fórmula 1 depois ao vencer de ponta a ponta o Grande Prêmio de Mônaco deste domingo. Essa é a 6ª vitória da equipe Mercedes em seis etapas disputadas no ano.

 

A corrida foi marcada pela intensa pressão de Max Verstappen da Red Bull sobre Hamilton, foram 60 voltas que culminaram em um toque na Chicane após o Túnel faltando duas voltas para o final da prova.

 

Verstappen cruzou a linha de chegada em segundo, mas foi penalizado em cinco segundos pela Red Bull tê-lo liberado perigosamente após parada nos boxes. O holandês passou Valtteri Bottas na manobra, mas acabou empurrando Bottas nas proteções causando um furo no pneu do piloto da Mercedes. Valtteri teve que retornar ao Pit e fazer uma nova troca de pneus, perdendo a terceira posição para Sebastian Vettel, da Ferrari.

 

Com os cinco segundos adicionados ao seu tempo final, Verstappen caiu para a 4ª posição, enquanto Vettel herdou a segunda posição e Valtteri Bottas a 3ª, completando o pódio em Mônaco.

 

O outro highlight da corrida foi o dono da casa Charles Leclerc, que largando na 15ª posição, graças a um erro da equipe Ferrari no treino classificatório.

 

Leclerc começou a prova intenso, botando pressão nos adversários, ganhou as posições de Carlos Sainz e Kimi Raikkonem logo na largada e na 6ª volta protagonizou a imagem da corrida, colocando a sua Ferrari por dentro e ultrapassando Romain Grosjean em plena Rascasse.

 

Na volta seguinte o monegasco tentou a mesma manobra para cima de Nico Hulkenberg, que foi mais duro e manteve a trajetória. O resultado foi uma rodada e um pneu furado do ferrarista.

 

Ao tentar chegar aos boxes o pneu furado de Charles “dechapou” e danificou o assoalho do carro. Ele até que tentou voltar à pista, mas os danos deixaram o carro incontrolável, forçando o abandono na 16ª volta.

 

Carlos Sainz terminou na sexta posição, em uma corrida excelente da McLaren. Ele largou em nono e ganhou a posição de Daniil Kvyat ainda na primeira volta.

 

Enquanto a maioria dos pilotos optou pela parada dos boxes durante o Safety Car – que entrou na volta 14 para a retirada dos destroços deixados pelo carro de Leclerc, Sainz seguiu na pista, e era o quinto colocado quando fez sua parada obrigatória na volta 29, voltando à pista na nona posição para recuperar algumas posições e terminar 6º. Seu companheiro, Lando Norris, terminou fora do top 10 na 11ª posição.

 

A Toro Rosso realmente impressionou em Mônaco. Kvyat terminou em sétimo e Alexander Albon em oitavo, enquanto Daniel Ricciardo e Romain Grosjean completaram os dez melhores do dia.

 

O ponto pela volta mais rápida ficou com Gasly. Nos estágios finais, o francês fez uma parada extra, pôs pneus novos e marcou 1:14,279s, somando 11 pontos no fim de semana em Mônaco.

 

Com a vitória, Hamilton chega a 137 pontos na classificação do mundial e abre 17 de vantagem para o segundo colocado, seu companheiro de Mercetes Valtteri Bottas. Vettel é o terceiro com 82 pontos.

 

A Fórmula 1 retorna no dia 09 de junho com o Grande Prêmio do Canadá.

 

Confira o resultado final do Grande Prêmio de Mônaco 2019:

 

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Sebastian Vettel (Ferrari)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
5) Pierre Gasly (Red Bull/Honda)
6) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
7) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
8) Alexander Albon (Toro Rosso/Honda)
9) Daniel Ricciardo (Renault)
10) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
11) Lando Norris (McLaren/Renault)
12) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
13) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
14) Nico Hülkenberg (Renault)
15) George Russell (Williams/Mercedes)
16) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
17) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
18) Robert Kubica (Williams/Mercedes)
19) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
20) Charles Leclerc (Ferrari)

 

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Setor de Serviços tem alta em setembro e elimina perdas de 2...

12/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno