Jovem morre nove dias após denunciar estupro sofrido dentro de hospital em Goiânia

30/05/2019

 

O fato ocorreu no Hospital Goiânia Leste. Uma estudante universitária morreu n último domingo (26), nove dias após denunciar um abuso sexual, supostamente cometido por um técnico de enfermagem, enquanto ela estava internada na UTI.

 

A estudante, cujo a identidade é mantida em sigilo, foi internada para tratamento de crises convulsivas e o estupro teria ocorrido na madrugada do dia 17 de maio e relatado pela própria paciente à uma outra enfermeira.

 

O hospital informou que o técnico flagrado nas imagens, Ildson Custódio Bastos, de 41 anos, foi denunciado apenas no dia 21 de maio, após terem lhe dado a oportunidade de se explicar.

 

A delegada Paula Meotti, titular da Deam (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher) de Goiânia, informou que as imagens das câmeras instaladas na UTI provam que o estupro ocorreu e que a vítima tentou reagir, sem conseguir, pois estava com as mãos amarradas.

 

Ainda segundo o Hospital Goiânia Leste, a causa da morte da jovem estudante não tem relação com a violência sexual que sofrera dentro da unidade de saúde.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Lêda Borges está entre os três deputados estaduais que menos...

24/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno