Em uma vitória do governo Bolsonaro, Senado aprova MP do combate à fraudes no INSS

04/06/2019

 

Após um acordo com o bloco independente do Senado, formado pela Rede, PSB, Cidadania e PDT, o governo Bolsonaro conseguiu aprovar nesta segunda-feira (3) a Medida Provisória 871, que trata do combate a fraudes no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

 

A medida, considerada peça importante para a implantação da reforma da Previdência, foi aprovada em um dia da semana pouco habitual, na segunda-feira, e agora segue para sanção presidencial.

 

Se não tivesse sido aprovada nesta segunda, a MP perderia a validade. Ao defender a aprovação da pauta, o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), afirmou que a medida é uma "preliminar" da reforma da Previdência para que o país possa entrar em um ciclo de crescimento e desenvolvimento.

 

"Se queremos uma nova Previdência, precisamos dar os instrumentos necessários ao Estado brasileiro para que a gente possa coibir equívocos", disse o senador emedebista.

 

Cálculos apresentados pelo governo dizem que a MP 871 trará uma economia anual de 10 bilhões de reais à Previdência, apenas com o combate a fraudes. A medida cria um programa de revisão de benefícios do INSS e exige um cadastro do trabalhador rural, entre outras medidas.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Autores de assassinato por ponto de tráfico de drogas são pr...

14/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno