Militar da aeronáutica, parte da comitiva do presidente Bolsonaro, é preso com cocaína na Espanha

26/06/2019

 

Sargento da aeronáutica foi preso nesta terça-feira (25/06) no aeroporto de Sevilha com 39 quilos de cocaína na mala. Ele estava em voo da FAB que acompanhava o avião presidencial que levava o presidente Jair Bolsonaro em viagem à cúpula do G20 no Japão.

 

A droga foi interceptada durante o controle de bagagens na escala na cidade espanhola. O sargento de 39 anos, está detido no aeroporto espanhol acusado de tráfico de drogas e deve ser ouvido por um juiz num prazo de até 72 horas.

 

Em sua conta no Twitter, o presidente Bolsonaro disse ter pedido ao ministro da Defesa brasileiro, general Fernando Azevedo e Silva, a "imediata colaboração com a polícia espanhola, na pronta elucidação dos fatos, cooperando em todas as fases da investigação, bem como instauração de um inquérito Policial-Militar".

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Lêda Borges está entre os três deputados estaduais que menos...

24/1/2020

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno