Moro vai à Câmara Federal e responde aos deputados por 7 horas, até que tumulto finalize a sessão

03/07/2019

Meu depoimento aqui é igual ao do Senado porque estou falando a verdade, diferente de Sites e jornalistas que tiveram que corrigir suas publicações”, disse Sérgio Moro ao ser criticado por estar repetindo na Câmara o que havia dito para os senadores.

A ida de do ex-juiz e atual Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, à Câmara Federal nesta terça-feira (02) durou mais de sete horas

 

Na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) Moro Voltou a dizer que não reconhece a autenticidade dos supostos diálogos dele com promotores da Lava Jato, e que se as mensagens fossem verdadeiras, mesmo assim não haveria ali nada que desabonasse sua atuação nos julgamentos da Operação.

 

Os deputados montaram uma verdadeira arena de disputa entre parlamentares da base e da oposição, chegando a bater boca diversas vezes.

 

Diferente da sua visita ao Senado, Moro foi severamente atacado, muitas das vezes por investigados pela Operação Lava Jato como Maria do Rosário (PT), Gleisi Hoffmann (PT).

 

Quando Gleisi Hoffmann perguntou se o ministro estava encobertando ou atrapalhando a investigações sobre o esquema conhecido como “Laranjal do PSL Mineiro”, Sérgio Moro disse que “se o ministro da justiça está ai para proteger alguém, ele está fazendo muito mal o seu trabalho”, fazendo uma alusão aos dois assessores do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, presos recente mente por esse mesmo fato.

 

A audiência chegou ao fim após um tumulto generalizado, provocado pela fala do deputado Glauber Braga (PSOL), quando ele disse que Moro ficaria marcado na história como “o Juiz mais corrupto da história do Brasil”.

 

Sérgio Moro chegou a esperar os ânimos se acalmarem para prosseguir, porém o empurra empurra e os xingamentos só estavam aumentando, por isso aceitou o encerramento da sessão e saiu da comissão escoltado por um forte esquema de segurança formado por agentes de segurança e parlamentares.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Tribunal de Contas aprova as contas do prefeito Pábio Mossor...

11/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno