Bolsonaro volta a defender a indicação do próprio filho para a embaixada brasileira nos EUA

16/07/2019

 

O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender nesta terça-feira (16) a indicação do seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL), para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

 

Durante a posse do novo presidente do BNDES, Gustavo Montezano, Bolsonaro disse que, "daquela garotada do condomínio, temos um presidente do BNDES. Temos um Senador da República [Flávio Bolsonaro], que, por ser meu filho, tem seus problemas potencializados. E teremos, se Deus quiser, um embaixador na maior potência do mundo".

 

A intenção de indicar o próprio filho para a embaixada norte-americana na frente dos outros nomes gabaritados que o circulam, soa como uma traição ao discurso de campanha, quando Bolsonaro defendia a “nova política”, na qual os cargos passariam a ser preenchidos pela meritocracia dizem interlocutores do presidente.

 

Sem a robustez de um currículo que justifique a indicação do filho, o presidente Bolsonaro chegou a apelar para a polarização da política, “se a esquerda está achando ruim, é sinal que estamos no caminho certo”, disse ele no sábado recente à um jornalista.

 

Caso a indicação de Eduardo Bolsonaro seja formalizada, a nomeação terá que ser validada pela Comissão de Relações Exteriores e depois pelo plenário do Senado Federal.

Compartilhar
Twittar
Please reload

Publicidade

1/5
Últimas notícias

Autores de assassinato por ponto de tráfico de drogas são pr...

14/11/2019

1/20
Please reload

Matéria_do_Brasil_dividido_em_3.png
Siga
  • Facebook do Jornal Opção do Entorno
  • Twitter do Jornal Opção do Entorno
  • Instagram do Jornal Opção do Entorno